foto cintia livro (1)_edited.jpg

Sendo breve

Mineira da cidade de Passos, mas araçatubense de coração e vivência, Cintia Brasileiro é mãe, contadora de histórias e escritora. Publicitária com especialização em Língua Portuguesa e Literatura. Criadora de conteúdo digital. Uma apaixonada pelo poder da leitura desde criança. Pesquisadora-amadora da literatura feminina brasileira. Mediadora de leitura do Clube do Livro On-line Escritoras Brasileiras. Caracteriza a si própria como uma “sonhadora da raiz dos cachos ao dedão do pé. Uma publicitária que ama palavras, palavrinhas e, às vezes, fala palavrão”.

  • Facebook
  • LinkedIn
  • Instagram

Minha história
 

Libriana com ascendente em capricórnio, Cintia Brasileiro nasceu em Passos (MG), no dia 11 de outubro de 1983. Primogênita da família, Cintia considera os pais e os dois irmãos verdadeiras bênçãos em sua vida. 

Aos 18 anos, o poder da comunidade e do coletivo a levou ao cursinho comunitário “Décio Andrade”, da Educafro, que tem a missão de promover a inclusão da população negra (em especial) e pobre nas universidades públicas e particulares com bolsa de estudos, por meio do serviço de seus voluntários nos núcleos de pré-vestibular. 

O desejo de cursar uma faculdade fez com que Cintia se mudasse, aos 19 anos, para Vitória (ES). Lá, ela frequentou mais um cursinho comunitário, por dois anos. Prestou vestibular a fim de ingressar em Letras, na Universidade Federal do Espírito Santo, e obteve o 6° lugar. Entretanto, ganhou uma bolsa integral (PROUNI) para cursar a faculdade de Publicidade e Propaganda em Araçatuba (SP), para onde escolheu ir.

Nestes 15 anos morando em Araçatuba, Cintia Brasileiro contou muitas histórias infantis em colégios e festas, trabalhou em agências de publicidade (redação, planner, mídias sociais), escreveu livros, revistas e livrinhos para marcas e pessoas. 

Casou-se com o jornalista e professor Arnon Gomes, atual presidente da Academia Araçatubense de Letras. Atuou no marketing da Nação Pampili (de Birigui-SP), com três grandes marcas: Pampili, Pampili Mini e Tweenie, cada uma focada em uma fase do universo infantil feminino. Em setembro de 2019, tomou a decisão de deixar o mercado de trabalho formal, para dedicar-se à criação da filha Carolina, então com um ano de idade.

Em 2020, quando o Coronavírus exigiu do mundo uma pausa, Cintia Brasileiro decidiu enveredar por um caminho leve e muito produtivo: o universo literário. Com este intuito, transformou sua conta pessoal no Instagram em uma bela e louvável ferramenta de motivação à leitura, ao empoderamento feminino (propiciando, especialmente, o reconhecimento de mulheres de Araçatuba e região) e à conscientização antirracista. 

Neste cenário, quem segue o Instagram @cintia_brasileiro encontra resenhas, enquetes para escolher leituras, apresentação de escritoras brasileiras, dicas de leituras, ocupações literárias com mulheres de várias regiões do País, lives com mulheres e lideranças comunitárias da região. 

Em fevereiro de 2021, ocorreu o primeiro encontro do Clube do Livro On-line Escritoras Brasileiras, criado por Cintia com o objetivo de motivar a leitura e ajudar os integrantes a resgatarem esse hábito. Os encontros ocorrem por meio da plataforma Google Meet, quinzenalmente, às terças-feiras.

Sempre proativa e com uma “comichão” de melhorar o mundo – pelo menos à sua volta – e impactar as pessoas por meio da literatura, Cintia Brasileiro idealizou o “Clubinho de Leitura”. A primeira reunião será realizada no dia 29 de setembro deste ano, na Biblioteca Comunitária do bairro Hilda Mandarino. O público-alvo são crianças de sete a nove anos de idade. O intuito é estimular as crianças a frequentarem a biblioteca e, claro, a lerem. As leituras do “Clubinho” serão feitas de forma coletiva.

Image by kaleb tapp